Deputado Rubens Pereira Jr

Rubens Jr. comemora entrega de escolas indígenas na região de Barra do Corda

O Governo do Estado entregou, no final de semana, na Unidade
Regional de Educação (URE) de Barra do Corda, três escolas indígenas
reformadas. A ação faz parte do plano de ação para a educação indígena, com o
objetivo de respeitar a diversidade étnico-cultural dos povos.
A primeira escola indígena entregue pelo governador Flávio
Dino foi a unidade escolar Betel, localizada Aldeia Baixão do Peixe; logo em
seguida foi a vez da entrega da Escola Indígena São Benedito (Aldeia Pedrinhas)
e da Escola Indígena Bom Paraíso (Aldeia Paraíso).
Em Brasília, o vice-líder do PCdoB destacou a atuação do
governo do Maranhão. “As novas escolas em áreas indígenas de Barra do Corda só
reforça que estamos com um objetivo: levar o “Pátria Educadora” a todos os
maranhenses”, destacou o parlamentar que acredita que terá seu projeto de lei
de criação de duas novas universidades no Maranhão aprovado na Comissão de
Educação da Câmara.
Além dessas, nos
últimos três meses da atual gestão, foram entregues também três escolas
reformadas e ampliadas, nas comunidades indígenas das aldeias Rio Corda (Escola
Indígena Manoel Assis Cruz – Tuxauhu) e Patizal (E.I Juliana Rodrigues
Guajajara), ambas na Regional de Barra do Corda; e a escola El Pyr Creh Creht,
na Aldeia Riachinho, em Amarante, onde também foi inaugurada, na aldeia Água
Viva, a escola Crow Cu.
Segundo a gestora da URE de Barra do Corda, Eva Lúcia Nunes,
o Governo do Estado tem atuado de forma intensa em todos os setores da
educação. “O governo Flávio Dino está trabalhado em prol da superação dos
desafios educacionais em todas as modalidades e diversidades educacionais”,
realçou.
Na ocasião, a liderança indígena Kassi Carneiro Pompeu
ressaltou as necessidades dos povos indígenas. “Estou emocionada pela presença
da equipe do governo nas aldeias”, disse.
Outra liderança indígena, Francisco Martins ressaltou do
respeito à diversidade e valorização dos povos indígenas. “Devemos valorizar
mais os hábitos dos povos indígenas, pois eles nos ensinam o uso adequado dos
recursos naturais”, pontuou.
Diversidade

A educação escolar indígena no Maranhão é caracterizada pela
diversidade dos povos pertencentes a nove grupos étnicos diferentes: Krikati,
Pukobiê (Gavião), Ramkokamekra (Canela), Apaniekra (Canela), Tenetehara
/Guajajara, Ka’apor, Awá/Guajá, Kreniê e Krepunkatejê. Em todo o estado existem
954 professores indígenas e não indígenas lotados em 282 escolas indígenas de
1ª a 8ª séries do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, distribuídas em cinco
Unidades Regionais de Educação.

Deixe uma resposta

Siga no Instagram @dep_rubensjr

Deputado Rubens Pereira Jr

GABINETE PARLAMENTAR - DF

Praça dos Três Poderes - Câmara dos Deputados Gabinete: 574 - Anexo III CEP: 70160-900 - Brasilia - DF

(61) 3215-5574 | 3215-2574

dep.rubenspereirajunior@camara.leg.br

©2017 - Todos os direitos reservados ao Dep. Rubens Pereira Jr Desenvolvido por i9bem

%d blogueiros gostam disto: