Rubens Jr comemora lei que institui o Estatuto da Pessoa com Câncer

Deputado criticou veto de Bolsonaro no artigo que garantiria remédios mais eficazes a sociedade no tratamento

Fotografia: Jonas Pereira/Agência Senado

O deputado federal Rubens Pereira Jr comemorou, nesta segunda-feira (22), por meio de suas redes sociais, a nova Lei nº 14.238/2021, que institui o Estatuto da Pessoa com Câncer. A normativa busca promover condições de igualdade no acesso ao tratamento da pessoa com câncer no Brasil, entretanto o presidente Bolsonaro vetou o artigo que garantiria acesso de todos os pacientes a medicamentos efetivos.

“O Estado precisa garantir medicamentos mais eficazes para quem está em tratamento contra o câncer. Temos esperança que o Congresso Nacional derrube o veto bolsonarista, como tem feito em pautas tão importantes a sociedade”, declarou o deputado Rubens Jr.

Segundo a lei, é obrigatório o atendimento integral pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O atendimento integral inclui assistência médica e de fármacos, assistência psicológica, atendimentos especializados e, sempre que possível, atendimento e internação domiciliares. Além disso, deverá ser garantido tratamento adequado da dor, atendimento multidisciplinar e cuidados paliativos.

O câncer é a 2ª principal causa de morte no mundo. Em 2020, o deputado maranhense foi diagnosticado com câncer no rim. “O diagnóstico precoce aumenta as chances de cura”, lembrou Rubens Jr. “Tenho grande sensibilidade com a pauta. Só quem luta contra o câncer sabe como é preciso ter força! Eu torço e sempre rezo pelas pessoas que enfrentam a doença”, disse.

 

Assessoria de Comunicação
com informações da Agência Câmara de Notícias

Deixe uma resposta