Diálogos por São Luís reúne virtualmente 150 pessoas para debater abastecimento e segurança alimentar na Zona Rural de São Luís

Na noite desta terça-feira (11), o pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Jr, deu continuidade à série de debates do Movimento “Diálogos por São Luís” em uma plenária na plataforma Zoom com vários convidados. A reunião teve como foco as políticas de abastecimento, produção e segurança alimentar na Zona Rural da capital maranhense. A conversa contou com a participação do Secretário de Estado de Agricultura Familiar, Júlio Mendonça e da presidenta da AGERP, Loroana Santana e de mais de 150 participantes.

No bate-papo, Rubens evidenciou o potencial produtivo da Zona Rural e lembrou que algumas propostas para o fortalecimento dessas políticas em toda São luís já estão incluídas em seu plano de governo. Todas dentro das 100 propostas já apresentadas recentemente, graças ao diálogo com lideranças, especialistas e comunidades.

“Apresentar propostas e debater com a população e especialistas é o que o mais temos feito, por isso, mais de 500 propostas já foram debatidas e 100 delas já foram disponibilizadas. Entre elas está as políticas ligadas à agricultura familiar, produção, escoamento, entre outros programas diretamente ligados a segurança alimentar”, disse Rubens.

O Secretário de Estado de Agricultura Familiar, Júlio Mendonça, apresentou ideias que fortalecem as cadeias produtivas, a valorização dos agricultores familiares, as feiras livres e a gestão associada e com fluxos interligados que otimizariam toda a cadeia de produção em São Luís.

Além disso, o secretário elogiou o trabalho de Rubens como deputado estadual e federal e a sua gestão à frente da Secid, e disse ficar tranquilo quanto ao seu projeto de gerir a capital maranhense. “Apoiar uma proposta que vai totalmente de encontro com a gestão do governador Flávio Dino é muito bom. Rubens é um grande parlamentar e homem público, que pavimentou a chegada do governador Flavio Dino ao governo do Estado”, declarou.

Outra profissional e representante pública que enriqueceu o debate, foi a presidente da AGERP, Loroana Santana, que também falou dos desafios de melhorar todos os processos de produção, com inclusão de crédito rural e da assistência técnica.

“A gente sabe do grande potencial que São Luís tem, porque é uma das capitais mais rurais do país. Quando a gente fala de São Luís estamos falando de muitas comunidades que tem uma disposição grande para a produção e uma grande diversidade que precisa de um olhar especial em cada cadeia produtiva. Um dos pilares para o desenvolvimento da agricultura familiar é a assistência técnica porque é esse profissional que vai expandir a visão do produtor. Além disso, o crédito rural já está incluído no plano de governo do Rubens e isso é de fato necessário”, ponderou.