Deputado Rubens Pereira Jr

Governador biônico, sem o voto do povo

Imagem: Agência Klamt
“Em sete anos como parlamentar, foi a primeira vez que participei de uma sabatina. Acredito que deveríamos estender para procuradora geral da justiça e todos os cargos de autarquias públicas.” Registrou o deputado Rubens Jr. depois de votar contra escolha do conselheiro do TCE durante a reunião da comissão especial.
Após a sabatina foi aprovada sem muitas surpresas e com muitos elogios por parte dos deputados da base governista a indicação do vice-governador, Washington Luiz, ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.
Durante seu pronunciamento na sessão extraordinária desta manhã de hoje (28), o deputado Rubens Jr. questionou os critérios e manobras usadas para eleger o vice-governador, alertando sobre a possibilidade da governadora usar a situação para eleger o seu sucessor por meio do voto indireto, potencializando assim o candidato do grupo nas eleições do próximo ano .
“Ora senhores, não nos enganemos, há muita vontade política por trás desta escolha. Existe a possibilidade de inventarem um governador biônico, sem o voto do povo, para tentar potencializar uma candidatura que hoje não decola.”
O líder da oposição ressaltou ainda que o processo de escolha de candidatura ao cargo de conselheiro está ultrapassado. Esses critérios foram aprovados no ano de 1990, anterior a reforma do regimento interno da assembleia legislativa e antes da atualização da constituição do estado. De acordo com o regimento atual, para se escolher o candidato, é necessária a assinatura de no mínimo 14 deputados, um deputado não pode assinar dois projetos de resoluções e a votação é secreta.
“A pluralidade de candidatos, seria a efetivação do debate, a construção de ideias para um tribunal que nós achamos correto, mas com tais critérios fica inviável a indicação de no máximo três candidatos.” Demonstrou o parlamentar.
A deputada Eliziane Gama destacou a importância do TCE para a administração do estado e observou que a escolha dos membros do órgão deveria ser por meio de critérios estritamente técnicos, uma vez que as contas de todos os municípios do estado devem ser analisados pelo mesmo.
O projeto de decreto legislativo n° 447-2013, foi votado durante sessão extraordinária que resultou na aprovação de Washington Luiz ao cargo de conselheiro do TCE. Dos 34 votos dados durante o pleito, apenas 4 votaram contra, todos do bloco parlamentar de oposição. Foram eles, Rubens Jr. (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Othelino Neto (PCdoB) e Eliziane Gama (PPS). O deputado Marcelo Tavares, também da oposição, reconheceu a competência do candidato, mas se absteve do voto por não concordar com os critérios de escolha.

Deixe uma resposta

Siga no Instagram @deprubenspereirajr65

Deputado Rubens Pereira Jr

GABINETE PARLAMENTAR - DF

Praça dos Três Poderes - Câmara dos Deputados Gabinete: 574 - Anexo III CEP: 70160-900 - Brasilia - DF

(61) 3215-5574 | 3215-2574

dep.rubenspereirajunior@camara.leg.br

©2017 - Todos os direitos reservados ao Dep. Rubens Pereira Jr Desenvolvido por i9bem

%d blogueiros gostam disto: